Fantasia de Astronauta - DIY a 4 mãos

E chegou aquele dia que a criança tem que usar a roupa da profissão que ela "escolheu" pra ter quando crescer.

Com PP - a recém parida esqueceu e ele foi a única criança que será eternamente estudante.

Com J - a escola pediu que eles usassem a roupa de trabalho do/a pai/mãe. Logo, João foi de roupa social que era assim que o pai trabalhava na época.

Com A - senta que lá vem a história com riqueza de detalhes e chuva de imagens.

Quem me acompanha no face, deve ter visto o dia que André disse que seria "pocilial", palhaço e astronauta. Em dias alternados.
A escola, então, pediu a roupa e ele teve que escolher.
Policial, ok. Mais ou menos fácil (o problema seria não deixar inventar armas).
Palhaço, ok. Duro seria explicar pras outras crianças que palhaço é profissão e não só fantasia de carnaval. 
Astronauta, ok. "É isso. Eu vô dji astronauta pra escola."

Bom, bora procurar uma fantasia de astronauta, ué?!
Pra vocês que são pessoas normais e que devem ter casado com pessoas que sabem brincar.
Alê não sabe brincar! 

Alê inventa E faz

Eu quebrando a cabeça pra resolver o assunto capacete.
Alê foi na loja de produtos de artesanato e comprou uma bola de isopor de 25cm. Cortou, lixou, abriu a frente, emendou pra ficar no formato, colou.
E passei a fita prateada pra fazer o acabamento.

Placa de isopor usada
Eu nem lembrava da "mochila".
Alê conseguiu no trabalho um pedaço retangular.
Encapamos com fita metálica. Aquela larga, tipo durex. Não sei o nome, mas encontrei em loja de 1,99 (que tem de tudo, a todo preço, sabem?).
 Na parte de baixo coloquei duas bocas de pet (encapadas com a fita também), cortei  trias de feltro nas cores amarelo, laranja e vermelho ( pra imitar o fogo).
Em cima, Alê encapou 2 lanternas pequeninas que ganharam de lembrancinha de aniversário e prendeu na direção de cada ombro, pra iluminar  a frente.
Pra pendurar, coloquei dois elásticos, como alça de mochila, prendi com alfinetes e fiz o acabamento com o metálico, pra esconder e firmar mais.
E na frente da mochila, colei adesivos: etiqueta do Brasil, símbolo da Nasa e um crachá (mostro mais abaixo). Tudo isso fiz da forma mais amadora, imprimi em papel etiqueta e colei.

Essa fita é ótima! Não dá pra ver onde começa, onde termina.
A parede é preta e o fogo ficou um pouco escondido

Crachá and cartão de visitas - sem endereço e telefone, porque no espaço não tem nada disso!

Aaaah! Baixei a Fonte Nasa e Space no Google. Não lembro os sites, até porque procurei, baixei, instalei sem pensar.
Fiz uma montagem bem grotesca com a fotinho dele e uma imagem de um astronauta.

Frente do astronauta mairlindo do universo.

Detalhe na bundinha: sobra do macacão que vestiria uma família de 5 anões
 O macacão é outra novela.
Eu quebrando o resto da cabeça... Andei de loja em loja atrás de moletom branco. Desisti. Comprei tecido pra fazer. Logo eu que como costureira, só tenho a máquina.
Alê foi atrás e comprou um macacão de TNT usado parar proteção de trabalhadores. Pagou 18 dinheiros, contra os 2 m de moletinho que paguei 33 e não sei o que fazer com isso! 

Sim, sou eu no fundo, mas aí não é meu andar, ele quis mostrar pra vizinha!
Chegamos na escola, e assim que ele apareceu todo montado de Neil Armstrong a escola veio abaixo. Bateram palmas, as tias fizeram festa, os tios deram os parabéns...

Foi sucesso!
Todos gostaram, professoras pediram pra tirar foto... Um astro, literalmente.
Ok. Piadinha infame. Sorry!

Beijão, genz!


Comentários
5 Comentários

5 comentários:

  1. AHHHHHH que demais!
    Arrasou Jana! Coisa mais linda dentro e fora da fantasia <3
    bjs
    Lele

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Brigada, sua linda!
      Ele tá todo todo mesmo!

      Beijão!!!!

      Excluir
  2. Ficou o astronauta mais lindo que a NASA tem!! Adorei a estória toda!
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  3. Nossa, achei que meu filho literalmente estava viajando, quando veio com esta história de ser astronauta no desfile das profissões na escola, detalhe véspera do aniversário e com um irmão recém nascido. Bom, como tbem sou dessa, que literalmente viaja na fantasia do filho fui pesquisar. Cheguei aqui, infelizmente com tudo quase pronto, mas adorei a ideia do oxigênio. Parabéns aos pais, pois acredito que quando participamos dá vida dos filhos, os tornam pessoas de bem

    ResponderExcluir

FAZ DE CONTA que esse post é vital pra você e repasse para seus amigos...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo Web Analytics
Casa de Faz de Conta © Copyright 2013. Desenvolvido por Elaine Gaspareto