O antes e depois do Romanticozinho

Eu aprendi com a vida que a gente tem que amar tudo o que a gente tem. Mesmo que nossos planos sejam outros.
E aconteceu aqui em casa...

Com três meninos, e uma veia craft... Definitivamente preciso de um lugar maior. E tô que procuro sem pressa... Uma hora esse lugar aparece.

Enquanto isso, me apaixonei pelo meu apartamento. E resolvi declarar esse amor. Como?
Vejam o antes e depois do quarto do casal, o MEU quarto. Que em tom de piadinha de marido cheio de graça ganhou o apelido de "romanticozinho". Mas óh! Ele gostou, viu?! E sempre que tocamos nesse asunto me elogia pela escolha da cor.

Não encontrei uma foto do quarto mobiliado.
Essa já tinha tirado o lustre, espelhos de luz...

E nessa brincadeira, encontrei bolhas de tinta na parede.
tanto fiz que insisti que chorei que o Alê me ensinou a arrumar. Conclusão:

Cheguei no tijolo, não me entendi com a tal da massa corrida
e passei mal, no final do 8º mês de gravidez
Ai gente, sei lá o que aconteceu. O cheiro nem é forte e força mesmo, eu não fiz... Mas enfim. Que venham as fotos do Depois:

De dia, com a luz apagada
Com a luz acesa

Infelizmente não consegui passar o clima do quarto escurinho. Ainda mais com a foto contra luz... Mas é essa visão/sensação que eu tenho quando eu entro aqui.

Mais panorãmica
Detalhe¹: Naquele cantinho, perto da janela, ficarão meus materias de craftices. Esamos esperando a cômoda e as prateleiras chegarem. Prometo voltar aqui com novidades a respeito.
Detalhe²: Sim, é uma banheira. Apesar de ser suíte, apesar de não gostar de banheiras, essa é do André. O novo frequentador  temporário deste recinto.

Deu pra ver a cor? Um verde quase exército!
Mas ainda há muito o que fazer.
Quero fazer  painel/cabeceira (é painel mesmo gente, mas a posição acima da cabeceira), comprar uns micro mini criado mudo (sei lá o plural disso, só sei que quero 2) e alguns porta retrato de parede pra por com aquele único de 6.

A luminária é a mesma, mas no escurinho deu um PAM, não deu?! Amei.

Aaaah! E tem mais uns detalhinhos da 3M que eu indico ( e de graça, porque isso não é merchan):
Esse ganchinho que eu coloquei na porta.
Agora sim, um lugar pro roupão magia do Alê.
Sim, eu tenho usado mais que ele... hahaha
Esse ganchinho é ótchimo! Suporta o peso do roupão, não estraga a porta (e nema  parede, testei!) e em casa de "saco cheio", é só tirar! MUAH!

E esse quadradinho que impede que a maçaneta e a parede se estranhem.
Tem gente que precisa desses na vida... Oe!

Meio incompleto, eu sei. Mas era um post só de cor!
Roupa de cama, um presente da loja Pernambucanas! Meu xodó...


O que vocês acharam? Pó falá! Eu aceito bem as críticas.
Só não gosto (nessas horas) do silêncio...


Um beijo e até.
Comentários
14 Comentários

14 comentários:

  1. Nossa casa tem que ter nossa cara o nosso jeitinho porque é nela que vamos pensar na vida descansar viver com as pessoas que tanto amamos, achei que ficou muito bonito, fico feliz sempre quando vejo uma pessoa sabendo que nosso lar merece todo carinho, porque é um carinho feito anos, grande abraço

    ResponderExcluir
  2. Mais uma sessão de riso do princípio do post até ao fim :):):) Adoro o teu sotaque escrito...
    Olha eu detesto entrar numa casa que tudinho foi copiada da revista: foi feita pra outra pessoa e não práquela ali.
    Como tu também eu gosto de dar o meu toque a todas as divisões da casa. Assim se alguém entrar por engano sabe logo que essa casa é minha!!!!
    Bjs
    Sandra

    ResponderExcluir
  3. Adorei! Eu amo verde, então sou mega suspeita para falar do que eu achei do seu quarto. Mas a verdade é que eu também quero mudar a cor do meu quarto e amei essa, acho que vou fazer o mesmo! Pelo menos em um dos lados das paredes. A que fica a cama. Acho que fica bem legal.
    Beijos para os mininus todos!
    Adriana

    ResponderExcluir
  4. Super amei!!
    A cor apesar de ser escura ficou linda e super combinou!!!
    Marido tem razão em gostar.. rs...
    bjinho

    ResponderExcluir
  5. Adorei o tom, o quarto ficou mais acolhedor...
    E o Andre? como esta?

    Bjão

    ResponderExcluir
  6. Gostei da cor...adoro esse tom de verde, meio musgo delicado (isso existe? hahahahaa)

    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Adorei! Essa cor é Fendi? Parece um areia escuro. Achei parecida com a cor que uso na parede da cabeceira do meu quarto, mas no meu é papel (igual ao da Ana Benet, por sinal) hehe

    Fciou aconchegante demais! Eu pus um espelho quase do mesmo tamanho da janela na parede lateral, pra duplicar a luz.

    beijoooo

    ResponderExcluir
  8. Adorei o verde quase exercito, ficou chique!
    bjinho

    ResponderExcluir
  9. Olá querida, seu quarto ficou muito lindo, com esse tom de verde.

    um beijo

    Regina Célia

    ResponderExcluir
  10. Adorei Janaína!!! Colocaria uma foto grande da família toda na parede em frente à cama, o que acha? Bjo bem gostoso na bochecha do André!

    ResponderExcluir
  11. Obrigada pela sua participação no sorteio :)
    Beijinhosss

    ResponderExcluir
  12. ai, eu quero um quarto assim!!
    Terminamos de construir nossa casa em maio deste ano, dei uma decorada na sala, no banheiro e estou no quarto da filhota, não vejo a hora de dar um jeitinho todo especial no meu quarto!!
    Adorei o tom de verde com a delicada colcha, ficou muito fofo!!
    Parabéns!!
    Bjinhus

    ResponderExcluir
  13. Ficou lindo!

    bjs

    Amanhã é dia de visita no LuxoSimples!!! Aguardo a visita do seu blog lá também! Veja como participar http://bit.ly/p5PnWT

    ResponderExcluir
  14. A cor do seu quarto é linda!!! Me inspirou, pois minha casa entra em obra na outra semana, quando a sala virará o quarto da minha Isabella que está chegando, meu quarto virará sala e será construído outro, na verdade uma suíte pra mim e meu marido... Nosso quarto sempre foi todo branco, mas vc me inspirou...
    Amei!!!!
    Um bj e lindo blog!!!

    ResponderExcluir

FAZ DE CONTA que esse post é vital pra você e repasse para seus amigos...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo Web Analytics
Casa de Faz de Conta © Copyright 2013. Desenvolvido por Elaine Gaspareto