Dr. João, o pediatra (atualizado)

E o pediatra, meu fiel escudeiro, meu guru, meu quase tudo (porque tudo mesmo é o Alê), o dr. João ouviu atentamente cada detalhe desse último ano do PP.

PP além de tudo o que foi dito no post anterior é de uma pureza sem tamanho, tamanha pureza que o Papai Noel e o coelhinho da Páscoa ainda vivem no seu mundinho. PP é o analista expert mór em futebol, às vezes até mais que o avô (que é profissional!!!!). PP brinca com carrinhos, constrói naves com Lego, joga Quest e se preocupa com o meio ambiente.

Enfim, diante tanta informação com mais o episódio do Hassan o dr. João (passo o contato depois a quem se interessar) sugeriu e eu acatei (porque entre a gente é assim, qualquer sugestão dele pra mim é ordem!) que desse ao PP uma revistinha pra ler.

O PP é um leitor compulsivo. Ele lê da bula do remédio ao gibi da Mônica que recebe mensalmente. Logo ler uma revistinha não seria problema nenhum.

Daí que ele (o dr. João) abriu seu armarinho cheio de brinquedos, panfletos (que palavrinha mais anos 80) e revistinha, pegou a que ele sugeriu e me deu.

Desmaiei.
Caí dura com meus 6 meses de gestação. Senti o gosto do coração. Sem bater, claro, porque naquele momento meu coração havia parado de trabalhar.
Não sei quem são os outros, mas o segundo a partir da esquerda é o Dr. João Coriolano, meu ídolo, guru, quase amo e senhor
Dr. João, me acudiu, fez todos os procedimentos de primeiros socorros, jogou um balde de água na minha cara e eu voltei (sem querer voltar).
E assim ele explicou:

"Você vai dar pra ele ler, e quando ele acabar, se ele tiver alguma dúvida ele te pergunta.
E você só responderá o que ele perguntar.
Isso fará com que ele amadureça um pouquinho. Por não ser um assunto lúdico, e por ele ter certa maturidade, diante dos outros meninos ele se sentirá mais seguro e terá mais iniciativa de defesa.
Mesmo ele acreditando no Papai Noel, vai perceber que não é mais bebezão.
Às vezes até os amigos dele já sabem... Assim a gente evita que ele seja o último a saber. E assim, motivo de chacota."

Ainda não respiro sem ajuda de aparelhos, mas a vida segue, né?!
PP leu, não fez uma pergunta se quer. Não fez cara de "huuuuum, então é assim..." Não fez nada.
Eu? Quase morri duas vezes. COMO ASSIM NÂO TEM DÚVIDAS?!" Fui lá e perguntei se ele queria perguntar alguma coisa. Claro que não! Se não teria feito, né lusi...

Eu ri
Pra terminar, ele já se sente maiorzinho, com um segredão (já que não poderá conversar isso com outras crianças, porque não é ele quem decide a hora certa de saber) e continua acreditando no Papai Noel e brincando com Hot Wheells.

Acabou que eu não falei do que se trata a revistinha... Mas é sobre isso mesmo, ou melhor, sobre "aquilo". Iniciação Sexual, com explicação detalhada, técnica e desenhos!!!!
Agora, vamos aguardar os resultados a médio e longo prazo.
Oremos! rs

Um beijo e até.

Imagens Google
Comentários
6 Comentários

6 comentários:

  1. Jana,
    Suponho o que se trata a revista, mas vc não colocou aqui...rsrs.... Ficamos todas na dúvida cruel!
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  2. Isso mesmo o que eu pensei! Na minha época aprendiamos isso na rua com os colegas mesmo. Hoje em dia o mundo mudou. Boa sorte com os outros dois...rsrs...
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  3. Jana...amo tudo o que vc posta aqui e no face...pensa no assunto...escreve um livro...PP bem,já é praticamente adulto...Ou vc acha que ele acredita que os bbs vem na dona cegonha???kkkkkkk....

    Beijocas miga...

    ResponderExcluir
  4. Jana,

    Minhas filhas, desde que tem 4 e 5 anos (Gabi tinha 4 e a Gigi5), já ganharam um livro parecido, ele sempre fez parte da mini biblioteca delas, e a principio nunca perguntaram nada, mas o tempo, só ele é que vai trazendo as perguntas e questões a tona...hoje, elas tem 12 e 13 anos, conversamos sobre tudo, e elas se abrem comigo na maior naturalidade, tanto que dias atras a Gigi veio me dizer que uma menina da classe dela está gravida.
    Acho que é mais fácil para os filhos quando os "deixamos" livres para ler ou não o livro...faz parte do crescimento e amadurecimento.

    Bjão

    ResponderExcluir
  5. Ai meodeos, oremos! E qdo chegar minha hora me abana? PP é um querido!
    beijo

    ResponderExcluir
  6. hahahaha Jana, eu também recorri a um livro esperto para ensinar meus meninos como se faz bebê. Apesar de ser psicóloga, me sentia totalmente despreparada para esse momento! Dei para eles lerem (e ainda tenho aqui guardado) o livrinho "De onde vem os bebês?" Detalhe: nunca INICIEI o assunto. Só fiz isso quando eles vieram com a bendita pergunta! rs
    Então, eles leram o tal livrinho e ambos me encheram de questõe: Mas mãe...o pinto tem que enfiar mesmo na perereca?? E por que a mulher não fica assim, agachada de quatro como essa cachorrinha aqui?? AIII que nojooooo! A gente sai mesmo da sua perereca???? kkkkkkkkkk
    Enfim, foi uma tarde daquelas, segurando o riso para brincar de séria e natural, mas deu tudo certo! (Acho).
    kkkkkkkkkkkkkkk
    Bjs

    ResponderExcluir

FAZ DE CONTA que esse post é vital pra você e repasse para seus amigos...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo Web Analytics
Casa de Faz de Conta © Copyright 2013. Desenvolvido por Elaine Gaspareto