Divine-se

Minha família é tradicionalmente católica. Daquelas que se cumpre todos os sacramentos, que se vai à igreja rezar e beija a mão do padre pedindo benção.
Assim somos os Costa. Herança da Dadá, aquela que me inspirou o Meia Véia. Minha vozinha.

Por isso, ter o Divino em casa é sinal de manter um pouco da tradição viva. Já que não vou negar, tem sido mais difícil ir às missas.

Fiz o meu, que fica na coluna entre o hall de entrada e a sala de jantar. Amaram e pediram.
Rendeu num dos itens mais procurados do Lujinha.

Os últimos foram encomendas da Dani. A prima que todo mundo quer ter, mas agora já era. Os meninos casaram! Então, ela é só minha.


Esses forão presentes pra sogra e pra cunhada. Sucesso! Além de adorarem os divinos, adoraram a ideia da Dani de presentear com um pedido de benção a todos da casa.

Os Costa são assim, cheios de amor no coração pra dar e jamais vender!

Um beijo e até!


PS: Respeito toda e qualquer religião. Se o objetivo é fazer o bem, que mal tem?
Comentários
9 Comentários

9 comentários:

  1. Adorei seus divinos, ficaram lindos.

    Bjão

    ResponderExcluir
  2. Janaina...

    amei....muito lindoo..

    Parabens...

    Bjão

    ResponderExcluir
  3. Nossa, como ficaram lindos!!

    Abs

    Márcia

    ResponderExcluir
  4. Oi, Janaina!!!
    Vim te convidar para participar de um sorteio no BlogArte, de 4 infusores de chá fofíssimos, da Villa Pano. O link para o post do sorteio tá na barra lateral direita!!!! Passa lá!!!

    Beijins,
    Andrea Guim

    ResponderExcluir
  5. oi amiga
    nsa q ideia boa...agrada a tdos e traz com carinho uma bençao p cada casa...gostei muito
    e um presente lindo
    bjos

    ResponderExcluir

FAZ DE CONTA que esse post é vital pra você e repasse para seus amigos...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo Web Analytics
Casa de Faz de Conta © Copyright 2013. Desenvolvido por Elaine Gaspareto