Lugar de ouro é no poá

Final de semana de Papail Noel. Correria pra comprar tudo, E deixar a prorrogação pros esquecidos.
E fomos nós 3. Eu, Alê e a moto.
Sim Brasil, fui de moto. De olhos abertos e a maioria das vezes fechados. Um medo do cão do tal  "corredor". História pra ser contada na Noite de Natal, depois da meia noite e depois da terceira taça de vinho.

Enfin...

Começamos pela famosa Barão de Paranapiacaba, a Rua do Ouro. Minha intensão era um brinquinho pra cada uma. Seriam muitos brinquinhos, porque vai ter mulher assim lá longe. Muitas mulheres e lindas, que fique claro.
Chegamos à uma loja famosinha de lá, a João Justino, número 64 da Barão. Lá tudo é mais barato. Muito mais. E por isso as pessoas do mundo todo vão lá. E ao mesmo tempo, sempre no horário que você vai. Incrível!
Fui e chorei. Chorei, porque eram 9:30 da manhã e já estavam na senha 57. A minha era a 82.
Gentê! Se-nha-pra-a-ten-di-men-to. Imagina a loucura! Ok! A loucura da galera é tanta que eles olham e compram. Nessa velocidade! Pá pum!
Então, meia hora e eu já estava escolhendo.
Mas parei! O que eu comprava por 18, 20 reais há um ano, achei por 50!!!
Aí, usei do bom senso e meia volta, volver!
Fiquei triste, porque quem não gostaria de ganhar um ourinho de Natal???
Tá! Comprei o pingente da sobrinha! E esqueci de comprar a embalagem! Fim da loja do ouro.
Entrei numa loja de embalagem (Luis de Lucia) bem em frente! Um paraíso da organização do closet, quarto. Caixinhas, saquinho, coisinhas... Tudo pra jóias!
Um sonho! Tem até aquelas caixinhas com formatinhos diversos. EU não gosto, mas até que a de tartaruga era um luxo!
Comprei a caixinha básica, preta! R$1,15!! Na loja do ouro, R$2,00! Oi?!
E quase saindo, um anjo da guarda do cartão de crédito me deu um tapa na cabeça, querendo dizer: "Anta, olha pra frente!". Olhei.
Dei de cara com essa caixinha:

Turquoise et pois
(será que gastei certo meu francês?)

Explico depois a manchinhas

Sim! Um Porta Jóias Profissa Luxo Blaster
Então! Essa caixinha é um porta jóia. Daqueles que cabe tuuuudo e sobra espaço. Digno de Melissa Cadore (sou fã!). O preço do bicho lá, era R$88,00. Como estava sujinho baixaram pra R$44,00. Não podia passar reto! E nada que um pano com álcool e lustra móveis (fica a dica) não resolvam!
Aí... Minha porção mulher/aquariana/chorona/pedinte/negociante veio à tona e fez com que os quarenta e quatro reais passassem a ser Quarenta. Fim!

Que fique claro que até agora o Alê foi contra. Só porque não estava limpinho!
Aaah! Esqueci de dizer que era a últma peça, da última compra, da última vez que se veria na loja. Era ou não pra ser meu?

Um beijo e até.

PS: Não! Eu não ganhei um real se quer pelos merchans! Só queria dividir cocêis as dicas de gastar bem em São Paulo com quem me lê. Fim de novo!
Comentários
5 Comentários

5 comentários:

  1. Amei o post! Linda a caixa de jóias!!! E sua história do seu dia de compras foi bem animada!!! Rsrs..Beijos grandes!!
    Adriana Balreira

    ResponderExcluir
  2. Muito linda a caixa de poá! Fia, deixa eu te contá, eu sempre fico procurando um "sujinho" um "desfiadinho" pra mendigar desconto, palavra de pão dura diplomada com MBA. beijo lindona

    ResponderExcluir
  3. Ai que caixa mais linda! Adoro caixas assim! Acho que na outra encarnação fui uma caixeira viajante!

    Kkkkkkkkkkk

    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Ai, adoro quando encontro essas coisinhas mesmo sujinhas, com preço bom, sinto um prazer incontrolável rsrsrs
    PArabéns pela aquisição. beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi! Passei para conhecer teu cantinho gostei e vou fcar.
    Muito caprichosa você. Parabéns
    bjos

    ResponderExcluir

FAZ DE CONTA que esse post é vital pra você e repasse para seus amigos...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo Web Analytics
Casa de Faz de Conta © Copyright 2013. Desenvolvido por Elaine Gaspareto