Qualquer semelhança é mera coincidência

O assunto de hoje nada tem a ver com decoração propriamente dita e sim de ESTILO.
Quando eu crescer, quero ser a Jaqueline Kennedy.
Esse glamour, essa classe que era só dela tem tuuuudo a ver comigo.
Elegantérrima!

Mas por que tô falando disso agora?
Porque eu lembrei que uma amiga, láááá no passado quando eu usava cabelo mais curto, disse que eu lembrava a Jackie O.
Fui ver, comparar, olhar, e descobri o que era.
Meu rosto quadrado, meu cabelo preto e as iniciais dos nomes. Ficou só a vontade de ter vivido a febre dos anos 50 e 60...

Pra ilustrar um pouco o estilo da diva, achei essas fotos no Google e na empolgação, esqueci de anotar os créditos. Quem souber e quiser ajudar... Por favor.

Olha que graça ela sentadinha com uma das filhas (Arabella ou Caroline).
Agora imagina se eu me sentaria assim... Nunca, já estaria com as pernas cruzadas, gesticulando ou rolando com um deles pelo chão... rs




Bom, pra empolgar um pouquinho só, tão bom...
Vou me inscrever num curso de como ser Jaqueline Kennedy em 10 aulas e volto depois com imagens minhas... kkkk Acho que era isso que a Carol queria dizer... Que eu deveria ter um pouco mais de glamou...???
Fica a dúvida...

Ai adoro devanear...

Beijos e até.


Vale salientar que é claro que eu amei a comparação, mas não posso me empolgar porque esse formato de rosto é o muito fácil ter rostos parecidos (observação de outra amiga - ???).   
Comentários
6 Comentários

6 comentários:

  1. E-mail recebido da Eliane:
    "Ah, minha linda Janaína!!!

    Classe é muito mais do que essas fotos demonstram!
    Pense bem: como era essa linda mulher ao acordar?
    E antes de escovar os dentes? Era possível conversar com ela?
    E quanto ao humor? Será que as TPMs eram assim tão calminhas? Com o maridão charmoso e cheio de "outras" por aí, acho que ela vivia um verdadeiro inferno pessoal, né não??
    Posar para as fotos e sair maravilhosa,mesmo, em tempos de não Photoshop, não era tão difícil porque uns dólares na conta bancária fazem todas nós ficarmos o "must"!!
    Agora, ser linda como você é, independente da pose ou da maquiagem, é a beleza maior e que ninguém tira, nem o cruel tempo!!!

    Beijos e um dia muito lindo e especial

    Eliane"

    ResponderExcluir
  2. Bom dia cumadi Jana,
    É impressionante a cara de uma é o rostinho da outra, e a classe e o glamour, esses então nem se fala...quem aprendeu com quem???
    Beijocas amigas,
    Cris João.

    ResponderExcluir
  3. Da Carol (outra, não a que me comparou, claro), por e-mail:

    "Amiga Jana!!!!! Com certeza, parece mesmo!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Fale sério, Cris, dá pra confundir, né?!
    kkkkkk
    Adoooooro, beijos

    ResponderExcluir
  5. Janaina
    A Jacque para mim é sinônimo de estilo, misturava elegância, altivez e discrição a uma personalidade moldada no berço da aristocracia americana, Jacqueline não apenas seduziu presidente dos Estados Unidos, mas tornou-se também um dos maiores mitos do século XX.
    Assisti vários filmes baseados na história real e acompanhei através da mídia um pouco da trajetória dessa Diva. Permaneceu bela, refinada e chique até morrer, vítima de câncer, aos 64 anos. Usando, até o fim, óculos enormes, lenço na cabeça e sapatos sem salto (ícones no guarda roupas da vida toda).
    Quando eu crescer gostaria de ser a Jacque.
    bjk

    ResponderExcluir
  6. Supper elegantérrima!! Queria ter um décimo dessa elegância! heheheheh

    ResponderExcluir

FAZ DE CONTA que esse post é vital pra você e repasse para seus amigos...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo Web Analytics
Casa de Faz de Conta © Copyright 2013. Desenvolvido por Elaine Gaspareto