Carol e Entrando com o pé direito

A Carol, é uma (amiga de infância) arquiteta brasileira que mora em Nova York e vai "iluminar o CASA DE FAZ DE CONTA. 
E ela começa entrando com pé direito.

"O que você faz no hall de entrada da sua casa?

Por exemplo: assim que você abre a porta, tira os sapatos?
Tira o casaco e joga a sua mala do trabalho para o lado?
Quando seus convidados chegam, como você os saúda? Abraços? Oferece guardar os pertences deles em outro lugar para deixá-los mais à vontade?!
As respostas a perguntas como essas são muito importantes e decisivas durante a concepção do seu novo hall. Afinal de contas, você quer que seu lindo projeto permaneça lindo na maior parte do tempo, nao é mesmo?
Por isso, no nosso bate-papo de hoje, irei contar pra vocês como foi o processo antes, durante e depois da criação do nosso hall de entrada.

Na foto abaixo, veja o hall do apartamento no dia em que o visitamos pela primeira vez, ainda antes de comprar o 'ap'. Ilustrando a fase: 'antes'.



Em rápida análise, o meu primeiro "diagnóstico" foi:
1- o piso de borracha (ou vinil) pode ficar marcado por solas de sapatos se continuar do jeito que está. Nanainanaum.
2- a iluminação nao está do nosso gosto, não nos causa nenhuma "surpresa" positiva ao chegar em casa. Luz é fundamental!
3- não há um porta-casaco, espaço importante em países frios. A área existente foi dedicada a despensa do casal que morava lá na época.
4- o teto do hall continua na mesma altura do teto da sala.

Depois desse "diagnóstico", as respostas às minhas perguntas foram:
1-sim, eu tiro os sapatos quando chego em casa e jogo as bolsas de lado (nossos convidados também).
2-ah, claro, esse espaço precisa contar um pouquinho da história da gente. Como? Aí vai: Para o piso, escolhemos dois tons de mármore, um marrom escuro e um bege com veios definidos.
Criamos uma borda em tom mais escuro para visualmente ampliar o espaço.
Nas paredes (na altura da cintura pra baixo), criamos um "desenho" geométrico com molduras de madeira. Dessa maneira, protegemos a pintura na altura dos bancos.
Acima da moldura horizontal, colocam os o acabamento chamado "Venitian Plaster" na cor branca. O "Venitian Plaster" é polido com resina natural, e por isso adiciona brilho e reflexividade à superfície.
No teto, rebaixamos o forro e embutimos uma claraboia com lâmpadas em dimmer.
Ou seja, traduzindo claraboia com dimmer: essa luz que vem do teto e parece ser luz natural (mas nao é), pode ser controlada através de um simples toque (outro capítulo para o projeto de elétrica).
Escolhemos um "roda-teto" de madeira com bastantes detalhes para valorizar o espaço da entrada.
Novas portas de madeira foram instaladas no armário que virou um "walk-in-closet", ou seja, você pode entrar no armário para guardar casaco, bolsa, sapato ou ainda mantimentos de estoque.
Para os móveis, escolhemos tons que valorizassem as pedras do piso e combinassem com a madeira selecionada para o chão da sala, que é o ambiente vizinho.
Os dois banquinhos são de ferro fundido em tom envelhecido e o assento é revestido em couro marrom.
A estante segue a mesma linha e as prateleiras são de vidro translúcido para que o visual do piso e a luz do teto não sejam bloqueados.
Na parede, um espelho sem "centro" foi especialmente escolhido para decoração! O espelho tem exatamente o mesmo diâmetro da claraboia, repare.

As peças que estão expostas na estante são:
Um retrato do casal, livros de arte em madeira, uma vela com um castiçal, uma escultura de ferro fundido de Don Quixote, óculos de grau "relíquia", um cocar e um colar indígena, ambos AUTÊNTICOS! Tudo isso conta um pouquinho da minha história e da história do meu marido...
Na parede, colocamos a pintura em óleo exclusiva do artista ítalo-brasileiro Rolando Carretiero. A feição do índio trouxe mais do que o toque brasileiro para as "boas vindas" do apartamento. Ela conseguiu também esconder o painel de energia.
A escolha da moldura do quadro é quase tão importante quanto a tela. Por isso, escolhemos a madeira, o seu tom e o tecido da moldura interna pra valorizar a obra de arte.
Para os mais detalhistas, aí vai um outro truque: tentamos equilibrar o desenho das pedras do piso com a moldura do quadro.
Meu marido curte o estilo clássico e as linhas da arquitetura tradicional.
Eu, por outro lado, me identifico com as linhas minimalistas do design contemporâneo.
Resumo da história e resultado: um design que mescla as duas preferências de maneira harmoniosa!




Na próxima semana, vamos falar do projeto da sala de estar e de jantar!

Carolina Neubern"



Falar com profissional é outra coisa,  né?! E os norte-americanos levaram ela da gente...
Por enquanto... kkkk
 
Um beijo e bom final de semana

Comentários
11 Comentários

11 comentários:

  1. Nossa ficou linnndo....bem claro,parece bem maior que antes,e adorei a decoração.Aqui em casa a pessoa desce do elevador entrando em uma salinha pequena e ja de frente a porta,modesta parte minha porta e grande e muito bonira,com madeira escura e vidro jateado com uns desenhos de flores....têm espaço para colocar um aparador pequeno e um espelho,eu ainda não decorei....pensamos em destruir as paredes,mas não gostei do apt que vi acima do meu,pois vc sai do elevador e ja entra em casa,mas tirei algumas idéias do seu...
    Beijim
    Deusa
    vasinhos coloridos

    ResponderExcluir
  2. Puxa parece outro lugar!!!Realmente lindo!Tudo em harmonia....
    Bjs
    Zu

    ResponderExcluir
  3. Eliane, por e-mail:

    "Essa minha filha é SHOW!!!!!!

    Beijos, muito orgulho de você e todo amor da galáxia em bis

    Mamy-Vovy"

    ResponderExcluir
  4. Deusa, Zu, Mamy-Vovy, Jana, super obrigada pelos elogios e por terem curtido esse projeto comigo.
    Um super final de semana pra voces e sucesso sempre!
    Forte abraco!

    ResponderExcluir
  5. Muito bom!! Adorei este novo "quadro" do blog... tô ansiosa pro próximo capítulo!

    ResponderExcluir
  6. Confesso que minha opiniao e de leiga, porem sei admirar algo quando e merecido.
    Esse hall de entrada eu ja tive a oportunidade de ver em pessoa e alem de lindo, reflete com praticidade a vida dos que ali vivem.
    Que primeira impressao essa nao?
    Quero uma casa assim, que seja pratica e com esse charme todo reflita quem eu sou.
    Show de bola.
    Beijos mil

    ResponderExcluir
  7. Criatividade e bom gosto é td mesmo, ficou muito lindo !!!
    Adorei seu blog, voltarei mais vezes com certeza.
    bjs,
    lena

    ResponderExcluir
  8. Amiga tem selinho lá no meu blog para vc bjs saudades...

    ResponderExcluir
  9. Amiga tem selinho lá no meu blog para vc bjs saudades...

    ResponderExcluir
  10. Nossa!! Ficou lindíssimo esse hall, super claro e moderno!!
    Parabéns a Carolina!
    Bjus, Lu

    ResponderExcluir
  11. [url=http://kaufencialisgenerikade.com/]cialis[/url] cialis deutschland
    [url=http://acquistocialisgenericoit.com/]cialis[/url] vendita cialis
    [url=http://comprarcialisgenericoes.com/]cialis comprar[/url] cialis
    [url=http://achatcialisgeneriquefr.com/]cialis prix[/url] prix cialis en pharmacie

    ResponderExcluir

FAZ DE CONTA que esse post é vital pra você e repasse para seus amigos...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo Web Analytics
Casa de Faz de Conta © Copyright 2013. Desenvolvido por Elaine Gaspareto