Utilidade Doméstica - Fogão

Investir dinheiro na cozinha dói, ôooooh como dói! Ôh trem caro!

Fora que não se acha a verdade sobre eles por aí, só o que tua amiga e tua mãe conta. Porque nas lojas, nos sites, tudo é lindo-maravilhoso.

Pra escolher um fogão por exemplo...
Você sabia que tem fogão de piso, embutido, cooktop, linha branca, linha prata, aço escovado retrô, de 2, 4, 5 ou 6 bocas. Industrial, à lenha, à gás, elétrico!

Pô, como vou saber qual é o melhor pra minha casa?

Primeira coisa, pare e reflita: "Sou uma cozinheira de forno e fogão? Gosto de esquentar minha barriga? Poderia fazer da minha cozinha um pequeno restaurante?"
Sério, essas perguntas são primordiais.
Daí sim, você escolherá um forno à gás, caso o bolo seja o quitute mais presente na sua casa.
Aliás, sobre o forno duplo. Queria saber o que vocês acham. Porque eu não consigo imaginar o cheiro do pernil desviando do meu bolo de fubá, mesmo sendo separados, independentes e blá blá blá.

Portanto: forno simples e à gás (que parece o mais econômico e o menos poluente, pelo menos é o que li em sites de sustentabilidade).

O tamanho do forno é proporcional ao fogão, caso a escolha seja um convencional, seja de embutir ou não. Se a sua família for grande, ou se você tem costume de receber muita gente, fogão de 4 bocas não é a melhor escolha, ou as assadeiras não entrarão no forno.

Timer - ouvi dizer  que hoje em dia, mesmo os fogões à gás, vêem com um timer, que corta o gás ou desliga os elétricos na hora determinada. Não confundam com o timer de barulhinho apenas, aquele que você tem que encerrar o uso.
Sendo verdade, é pra louvar de pé.

Grill - pra que serve um grill? Para dourar  seu frango, sua carne. Só pra isso.
Daí eu te pergunto: Você precisa desse treco mesmo??? Ajuda, claro. Mas ele é tão necessário assim? Porque ele encarece seu fogão num tanto que você não faz ideia.
E aprendi com minha tia avó que é só besuntar seu frango com maionese que ele fica da cor do frango da padaria! #janagourmet Então, se você não vai abrir um concorrente da padaria do Seu Manél, desencana. Economize!

4 bocas -  Você mora sozinho? Porque o espaço dele pra panelas é pequeno! Caçarolas ficam pra fora, igual quando a gente insiste num chinelo da infância que sobra o dedinho, sabe?

5 bocas - Aquela boca central, enorme, dupla, de paella (comida espanhola) pra uma família descendente de italianos... O que tem a ver? Tem a ver que a gente não tem costume de usar panelas tão grandes!

6 bocas - Já foi o top dos fogões e eu não sei porque deixou de ser. O forno tem um tamanho excelente! Espaço pras panelas. E queridas, não se iludam, quem limpa 1 tampinha, 4, limpa 6 com pés nas costas e ódio no coração.

Falando em tampinhas... Queria uma explicação técnica delas, mas as marcas que eu entrei em contato, se recusaram a responder.
Que raio de material é esse que enferruja??? Pô, Brasil! Fora o formato infeliz! Vai lá passar sua palha de aço, bucha, algodão, lenço umedecido ou o palavrão à 4... É desumano e eu tenho certeza que o engenheiro que desenvolveu não tem mãe!

Limpeza - fui orientada pelo instalador que a parte de cima, onde ficam os acendedores, deveria limpar com saponáceo líquido (uso com esponja que não risca e continua sem um risco, sem encardir, recomendo).
Nas partes de fora da linha branca, limpo com um paninho úmido e detergente neutro. Mas já poli com cera de carro.
Linha prata e aço escovado têm produtos apropriados.

Cor - Linha branca, prata, aço escovado, colorido: Branco e colorido são os mais fáceis de manter a cor e a cara de higiene. Aço escovado, prata... Olhou, fica a marca, parece que a pessoa que limpa fugiu pro Tibet e abandonou a vida! Fora que usar paninho a cada vez que usar, é muita sacanagem!

De piso ou de embutir - Embutir é bom que você fica com menos superfície pra limpar, mas cada um tem um tamanho, quando for mudar, ou muda tudo, ou mexe no balcão. E não se esqueça, os fogões ficam em cima de granito ou outra pedra, que não aceita emenda sem marcas... Aaaaf!
Piso, é possível arrastar pra limpar embaixo, você troca de marca com mais liberdade.

Assistência técnica - não é pensar negativo, é se preparar pro que está por vir. Vai que aparece a necessidade, é bom saber se a assistência técnica é perto, se tem mais do que uma.

Tentei conseguir informações técnicas com as marcas mais populares, mas fui orientada por uma delas a indicar o modelo (empresa super interessada em fidelizar clientes, porque só posso escolher modelos depois de saber qual é mais viável, certo? Cada marca tem zilhões de modelos.).
A outra foi muito educada, mas disse que tais informações somente nas lojas, com o vendedor. 
Sendo assim, essas informações, dicas, toques fui colhendo aqui, na casa dos meus pais, na roda de samba...

Aaaah! Não se esqueçam da voltagem, da tomada (inventaram essa mudança de tomada) e a gente só lembra disso na hora de instalar. Não se esqueçam também da distância da saída de gás (se for encanado).

Portanto, conto com vocês pra fazer um novo post a respeito.
Se quiserem, mandem e-mail (casadefazdeconta@gmail.com)  ou comentem este post, facebook, contando a opinião de vocês sobre o fogão daí de casa. Assim, a gente vai ter uma ideia do que compensa ou não. E ajuda o povo que tá comprando um novinho agora.

Pra quem não viu, tem dicas de lava-louças neste post, clica aqui pra ler.

Aguardo vocês.

Um beijo e até.

Gaveta do Escritório

Qual menina nunca brincou de escritório? Qual mulher não é louca por itens de papelaria?

Ok. Há aquelas que não ligam tanto, mas eeeeeu... Sempre gostei!
E sempre planejei ter um cômodo na minha casa dedicado a este amor todo. Ainda não consegui devido à alta densidade demográfica deste lar!

Então, resolvi, temporariamente, este espaço num móvel só!
E pasmem! Numa gaveta!

1 - caixa de lápis grafite
2 - caixa de giz de cera
3 - estojo de apontadores e borrachas
4 - estojo de canetas.

Tá cheio (lotado, vai?!), mas eu sei onde fica tudo!
Mas tudo relacionado à escritório fica aqui.

Esse móvel é um gaveteiro, feito pelo avô do Alê, herdado quando a gente casou.
tem 5 gavetas e a primeira dela é nosso "escritório".
Os papéis não ficam aqui por motivos óbvios: nem a FABE constrói tantos aviões como nesta casa. Então ficam devidamente armazenados em local seco e secreto... 

Sobre a caixinha rosa, guardo miudezas. Olha:


E tem uma única regra: apenas eu mexo aqui. E abro exceção pro Alê, que tira e coloca no lugar.
Os livros que estão aqui, são de uso quase que diário. 
Os outros livros da casa, ficam com os papéis, em outro lugar e longe do alcance dos meninos, porque os que eles podem ler ficam sempre à mão.

Tá longe de ser aquilo que eu quero, mas pra atual circunstância, está perfeito!

E aí, vocês se viram ou têm um quarto só pra isso? 
Mostra pra gente!

Beijão e até.

Lavanderia - O Rolo de Sacolinhas

Continuando a organização desta Casa de Faz de Conta de verdade, cheguei no assunto: sacolinhas de mercado/farmácia/padaria.

Aqui era um mundo de sacolas, enfiadas de qualquer jeito dentro de outra sacola. E esta era beeeeem grande. Ficava feio, bagunçado e ocupava um espação.

Fiz fotinhos de antes e depois:


Fora que tinha sacolas de tudo que é tamanho.
Essa arrumação fez com que eu jogasse as rasgadas fora, e separasse as maiores num outro cantinho (dobrei quadradinho e coloquei numa sacolinha menor, bem pequena).


Abra as sacolas.
Não tem necessidade de fazer perfeitinho. Daí seria loucura mesmo.


Dobre ao meio, pelo comprimento.
Alça com alça.


Enrole começando pelas alças.


Antes de terminar de enrolar o primeiro, coloque as alças da próxima sacola e continue enrolando.


Comece tirando a partir da primeira sacola enrolada.
O segredo está em puxar sempre do meio.
Pra dar um charminho e empolgar os meninos a guardar, coloquei uma etiquetinha vintage.

Esse potinho era de docinho japonês. Lavei e guardei porque sabia que seria útil em algum momento. E foi.

E vocês? Como guardam as sacolinhas?
Conta, gente!


Beijo e até.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo Web Analytics
Casa de Faz de Conta © Copyright 2013. Desenvolvido por Elaine Gaspareto