Exemplares do Amô

Ai assunto bom de falar...
 
Fiz um texto pra falar disso num blog de uma amiga, mas ela achou pessoal de mais... Respeitei, aceitei, mas descordei. Inclusive porque falava dela com muito carinho...
E só descordei porque levo esse assunto muito além daquilo que a internet possa proporcionar.
Tá curió, né...?! Tá que eu sei!
Tô falando de amizades! E como eu ensino meus filhos a respeito!
 
Eles sabem que um ser humano não sobrevive sem água, ar e amigos! Sabem que esses amigos podem ser da escola, de casa, da rua ou da internet.
Sabe que tem amigos de tudo quanto é cor, cheiro e lugar e que todos merecem sempre o melhor de nós.
E como 2014 foi um ano que aprendi a separar o joio do trigo, encontrei amigos de infância que moram há milhares de quilômetros de distâncias e amigos de infância que ficaram na infância.
 
Aprendi, inclusive, que a internet te dá amigos perfeitos. Perfeitos sacos vazios. E também te dá amigos repletos de amor, carinho e motivos pra admirar todos os dias.
Pra esses últimos, minha forma de materializar o carinho e cuidado que eu tenho com eles é assim:


 
 
Pra cada amigo, um vasinho de plantas que representem nossa amizade.
E como em toda plantação, há a necessidade de terra, a própria planta, agua e adubo.
 
 
E então é preciso plantar cada exemplar, numa terra adubada.
O exemplar deve ser cuidadosamente escolhido de acordo com o gosto de cada um.
Eu, por exemplo, adoro suculentas...
 
 
Assim, em cada vasinho, há 2 tipos de suculentas, representando eu e um amigo.
E a cada dia, regarei nossa amizade delicadamente e dedicarei parte do meu dia pra vibrar meu carinho prazamiga do coração!
 
Os meninos?
Entenderam, o "x" da questão, e também querem "plantar" suas amizades, escolhendo bem cada espécie, cuidando com carinho de todas elas.
 
E vocês? Andam cuidando bem das "suas plantinhas"...?
 
 
Um beijo e até.
 
 
 
 

Decoração de Natal - Antes e Depois

Ooooi Genz!!!
Claaaro que a louca do Natal já está a mil!
Já tirei tudo das caixas, já montei até a árvore!
 
Aaah gente! Sem essa papagaiada de que Natal é data consumista! Natal é a festa de comemoração do nascimento de Jesus! E chega, hein?!
É uma época pra gente lembrar de pedir perdão pro provo que a gente ficou de mal... De abraçar aqueles que ficamos longe o ano todo. De comprar presente, de comprar roupa nova, de comer muito!
Porque não é isso que a gente faz quando vai num aniversário de um conhecido?
 
Mas este post não é pra filosofar e nem desencadear uma coleção de hastags de revolta contra a blogueira. É pra dar dicas que eu eu uso aqui na hora de arrumar a casa pro Natal!
 
Segue, então!
 
Árvore mixuruca
Simples: Um festão envolto no tronco da árvore!
Ela mais cheinha, não aparece o que tá atrás e dá a impressão dela ser bem maior. E pra aumentar mais ainda essa sensação, eu enrolo só no tronco um fio de luzinhas brancas, sem pisca.
 
 
Emaranhado de luzes
Eu acendo um, procuro a ponta e vou desenrolando.
Daí eu lembro dos anos que eu perdi desembaraçando e morrendo de raiva de fazer isso!
SOU LIVREEEE!!
 
 
Bola véia.
Aquela bola fubequinha, velha de guerra, opaca que sobrevive a longos Natais, pode ser remoçada e fazer a diferença na sua árvore.
Vou explicar como mais abaixo. Continue lendo!
 
 
Pinha marronzinha
Pinha natural é bonita, tem seus encantos. Mas numa árvore que se preze, ela acaba perdendo seu brilho...
Oooopa! Não mais!
É só dar um banho bem dado de glíter e voilá!
Quer saber como?
A hora é agora:
 
Você vai precisar de:
Cola branca e glíter.
Um pincel pequeno, um potinho e água.
 
Dissolva no potinho a cola, na proporção 1x1.
1 quantidade de água pra mesma de cola. Mexa bem, pode ser até com o pincel, afinal, ele vai se melecar mesmo...
Meleque bem a peça, mas espalhe, se não escorrer é melhor. E se isso acontecer, tuuudo bem, é só esperar secar um pouco.
Jogue o glíter, cobrindo tudo e espere secar.
Depois de seco (esse é o grande truque), passe a cola novamente. Com o pincel e dissolvida.
 
Espere secar e tenha de voltar itens novos.
 
 
E vocês renovam os enfeites velhos ou ficam como eles estão e bora gastar o tempo com outras coisas?
Respondam pra gente aprender mais, né?!
 
Um beijo e até.

Veri, O Sabor da Comida Funcional

Ufa! Consegui voltar!
E cheia de novidade!
Novidades comestíveis!!

Seguinte: vai começar aqui no Casa de Faz de Conta uma coluna quinzenal (pode ser que se torne semanal!) da minha queridíssima amiga Veridiana Calaigian

A Veri é uma arquiteta que largou tudo pra ser chef funcional!
Ela é paulista, abandonou o cinza e os prédios de São Paulo pra ter qualidade de vida em Timbó, Santa Catarina!
Essa mudança também aconteceu na alimentação dela e de sua família. Agora eles comem muito bem - alimentos saudáveis.
E assim, ela virou Chef Funcional! Aquele chef que faz comidas saudáveis, com ingredientes de baixas calorias, farinhas integrais, carboidrato  de baixa absorção, sem lactose e por aí vai!

A Veri vai dar algumas dicas pra deixar nosso arroz e feijão com saúde.
Além disso, ela vai transformar uma receita de um leitor, um por mês. Você passa aquela receita que não pode faltar na sua casa e ela te ensina a fazer de maneira saudável e melhor: que engorda beeeem menos.
 
Bolo de Nozes
 
Bolos Tradicionais
 
Muffins Mesclados com Chocolate Belga
 
Naked Cake
 
Tudo sem lactose, glúten.
Exatamente assim mesmo, lindas, saudáveis e saborosas!
Bom é isso! Preparem-se! Veri chegou no Casa pra abalar suas estruturas!
Aquelas estruturas cheias de gordura localizada, intestino preso, retenção de liquido, sabe? HAHAHAHA
 
Vem gente!
Um beijo e até! 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo Web Analytics
Casa de Faz de Conta © Copyright 2013. Desenvolvido por Elaine Gaspareto